Prefeito leva vereador à barra do tribunal.

O jornalista e prefeito de Macau, Tulio Lemos ingressou com duas ações judiciais para que o vereador Emmanuel Clelio-Kekel (foto ao lado) apresente provas sobre forte acusação de corrupção contra ele, feita nas redes sociais.

Para Túlio, a crítica respeitosa sobre possíveis falhas administrativas será sempre bem vinda. “A liberdade de expressão não pode ser confundida com a leviandade de pessoas irresponsáveis”, disse.

Tulio acrescenta que todo o ataque pessoal que coloque em xeque a sua credibilidade como jornalista e agente público será caso para a justiça resolver. Para a defesa do prefeito, por razões meramente político-partidárias, sem fundamentação alguma, a fim de causar fato político, o vereador Kekel, utilizando as Redes Sociais, de forma leviana e irresponsável, acusou o prefeito de estar legalizando uma “roubalheira” de dinheiro público.

— “Ataques gratuitos e acusações inverídicas e anêmicas, portanto, devem ser rigorosamente reprimidos; as acusações são constrangedoras, infundadas, carecendo-lhes qualquer fundo de verdade, pois além de mentirosas e levianas, apresentam-se despidas de fundamentação fática e de direito, obrigando o prefeito a tomar todas as medidas cabíveis ao seu alcance, visando à reparação de sua honra e restauração da verdade”, pontua o advogado Iran Padilha.

Indenização e condenação pelo Código Penal

A ação assinada também pela advogada Ana Clara Lemos requer indenização que será arbitrada pelo magistrado, o valor segundo o prefeito Tulio Lemos será doado para instituições que prestam serviços no município, a exemplo da APAE. O vereador vai responder ainda criminalmente pela acusação leviana com incursos dos artigos 138, 139 e 140 do Código Penal. Celso Amâncio.

Publicidade:

Execução à bala em Macau: Jovem de Areia Branca é mais uma vitima da violência.

Na tarde de hoje, 27 de julho, um homem conhecido por Marcos de Areia Branca, foi assassinado a tiros na Rua João Batista no Bairro dos Navegantes em Macau.

Segundo informações de populares o atirador perseguiu a vítima que ainda tentou se livrar da morte entrando em uma residência de um popular no Bairro dos Navegantes, mas foi alcançado e alvejado com um tiro no peito e outro na cabeça vindo a óbito no local.

O corpo da vítima ainda se encontra atrás da porta, onde já caiu sem vida, e espera os procedimentos de praxes da policia cientifica para fazer a perícia no local em seguido ser removido para o Itep de Mossoró.

O Macauense.

Publicidade:

Macau sob a perspectiva de uma revolução a partir do social.

“Macau deu um passo na frente na luta pela garantia dos direitos da criança e do adolescente. Pode partir daqui o início de uma grande revolução social para cidade”, a declaração foi do juiz da Vara da Infância da Comarca de Currais Novos, Marcus Vinícius Pereira Júnior, durante a recepção da comitiva da cidade, que atendendo o chamado do prefeito Tulio Lemos foi conhecer nesta terça-feira, 25, os projetos financiados pelo Fundo da Infância e da Adolescência-FIA na cidade de Currais Novos.

Na delegação de Macau, além do prefeito Tulio Lemos e da primeira-dama e presidente do Conselho Municipal dos Direitos de Criança e do Adolescente, Andrea Lemos, estiveram presentes, secretários municipais, conselheiros tutelares, assistentes sociais, representantes do Ministério Público e de Igrejas e ainda oito dos treze vereadores.

Recepção pelo prefeito Othon Júnior

Inicialmente, a comitiva de Macau foi recebida na sede da Prefeitura de Currais Novos pelo juiz Marcus Vinícius e pelo prefeito Odon Júnior. Na ocasião, representantes de outros municípios também conheceram detalhes de projetos sociais que funcionam no município financiados com recursos do Fundo da Infância e da Adolescência-FIA.

A próxima parada foi o Casarão da Poesia, onde foi apresentado um projeto de música com crianças, depois o prefeito Tulio Lemos e comitiva visitou a Casa do Podre, onde almoçaram e conheceram o trabalho de amparo social da instituição com crianças em vulnerabilidade. A instituição é referência é uma referência em toda a região seridoense pelos serviços sociais prestados à população carente.

Casa do Pobre, um exemplo de solidariedade

“A Casa do Pobre é um exemplo de solidariedade para o Brasil e o mundo, através do incansável trabalho realizado pela Irmã Ananília, fundadora desta Casa, que há 24 anos se dedica em alimentar, educar e, acima de tudo, oferecer amor ao próximo”, disse o prefeito Tulio Lemos, que juntamente com a comitiva de Macau almoçou na instituição.

No período da tarde, o grupo conheceu o trabalho do projeto Polícia Mirim, desenvolvido em Currais Novos com a participação de 300 crianças e adolescentes. O projeto contempla o público assistido com esporte, educação e lições de cidadania, tendo como foco a formação de uma geração sadia e consciente dos seus direitos.

A importância do FIA

A visita à cidade de Currais Novos terminou já no final da tarde pela Câmara Municipal, onde a comitiva de Macau foi recebida pelo presidente do Legislativo, vereador João Neto. No plenário, algumas explicações sobre a importância da lei que institui o Fundo da Infância e da Adolescência-FIA e os benefícios da aplicação dos recursos e fiscalização para o bom desempenho das políticas públicas de proteção e garantia dos direitos das crianças e dos adolescentes. Celso Amâncio.

 

Publicidade:

Carteira de habilitação digital passa a valer em fevereiro de 2018.

A partir de fevereiro de 2018, os condutores de veículos não precisarão mais portar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) impressa. Isso porque, o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) aprovou nesta terça-feira (25) a criação da carteira de habilitação digital. Ela terá o mesmo valor jurídico do documento impresso e poderá ser apresentada por meio de celulares ou smartphones.

Apesar da mudança, a carteira de habilitação impressa continuará sendo emitida. O que muda, de fato, é que os motoristas poderão também apresentar o documento pelo celular. A veracidade da habilitação poderá ser comprovada pela assinatura com certificado digital ou pelo QRCode –códigos de barra que podem ser escaneados.

Os agentes de trânsito consultarão os dados dos documentos por meio de um aplicativo de celular. De acordo com o Contram, quando o novo serviço estiver valendo, os interessados na carteira digital devem fazer um cadastro no portal do Denatran (Departamento Nacional de Trânsito), com o uso de um certificado digital, ou no balcão do Detran (Departamento Estadual de Trânsito). Após o login, o usuário deverá usar uma senha sempre que for visualizar o documento.

As habilitações nacionais contam, desde maio, com a tecnologia do QRCode. A mudança foi implementada como forma de aumentar a segurança contra fraudes.

 

Publicidade:

Cidade recebe placas de sinalização turística.

A Prefeitura de Guamaré, através da Secretaria Municipal de Transportes, concluiu a implementação da sinalização turística da cidade. As placas indicam a localização de atrativos turísticos, como praias e igrejas e seguem os padrões de tamanho e altura exigidos pelo Departamento de Estradas e Rodagens.

A Secretária de Turismo Mauricéia Cavalcante acredita que esta ação de governo é de fundamental importância, uma vez que Guamaré é uma cidade turística. Entre os principais pontos turísticos sinalizados estão: Igreja Nossa Senhora da Conceição, Praça da Conceição, Porto de Guamaré, Ponte sobre o Rio Miassaba e Praia do Minhoto.

Publicidade:

Com 32 homicídios, RN tem o fim de semana mais violento do ano.

Trinta e duas pessoas foram mortas no Rio Grande do Norte neste final de semana – o mais violento do ano no estado, segundo levantamento feito pelo Observatório da Violência Letal Intencional (OBVIO).

Ainda de acordo com o instituto, os homicídios foram registrados entre a 0h da sexta (21) e as 23h do domingo (23). No ano, ainda de acordo com o OBVIO, 1.363 pessoas já foram assassinadas no estado. O crescimento é de 23,2% em comparação ao período de 1º de janeiro a 23 de julho.

Resultado de imagem para Com 32 homicídios, RN tem o fim de semana mais violento do ano.

Publicidade:

Corpos de dois homens são encontrados amarrados sobre reboque na zona rural de Jandaíra.

Corpos de dois homens, com marcas de tiros, foram encontrados na manhã deste sábado (22), amarrados sobre um reboque engatado a um carro abandonado na zona rural do município de Jandaíra.

O carro é um Polo preto, que foi deixado em uma estrada de terra nas proximidades da fazenda de um ex-prefeito do município, em uma região conhecida como Aroeira.

Já o reboque, que tem as laterais fechadas com madeira e abertas no alto com grades de ferro, é daqueles usados para o transporte de animais de grande porte, principalmente cavalos.

Na carroceria do reboque, os corpos estavam de pé, presos pelo pescoço às grades e com as mãos atadas nas costas. Há várias marcas de tiros nas duas vítimas.

Segundo o sargento Francisco Canindé da Silva, responsável pelo policiamento militar em Jandaíra, as vítimas ainda não foram identificadas, mas moradores da região disseram que ambos são suspeitos de roubo de animais. G1

Publicidade:

Kekel enrolado em mais um processo por acusações vazias, levianas e mentirosas

O jornalista e prefeito de Macau, Tulio Lemos ingressou com duas ações judiciais para que o vereador Emmanuel Clelio-Kekel apresente provas sobre forte acusação de corrupção contra ele, feita nas redes sociais. Para Tulio, a crítica respeitosa sobre possíveis falhas administrativas será sempre bemvinda. “A liberdade de expressão não pode ser confundida com a levianidade de pessoas irresponsáveis”, disse.
Tulio acrescenta que todo o ataque pessoal que coloque em xeque a sua credibilidade como jornalista e agente público será caso para a justiça resolver. Para a defesa do prefeito, por razões meramente político-partidárias, sem fundamentação alguma, a fim de causar fato político, o vereador Kekel, utilizando as Redes Sociais, de forma leviana e irresponsável, acusou o prefeito de estar legalizando uma “roubalheira” de dinheiro público.
“Ataques gratuitos e acusações inverídicas e anêmicas, portanto, devem ser rigorosamente reprimidos; as acusações são constrangedoras, infundadas, carecendo-lhes qualquer fundo de verdade, pois além de mentirosas e levianas, apresentam-se despidas de fundamentação fática e de direito, obrigando o prefeito a tomar todas as medidas cabíveis ao seu alcance, visando à reparação de sua honra e restauração da verdade”, pontua o advogado Iran Padilha.
 
Indenização e condenação pelo Código Penal
A ação assinada também pela advogada Ana Clara Lemos requer indenização que será arbitrada pelo magistrado, o valor segundo o prefeito Tulio Lemos será doado para instituições que prestam serviços no município, a exemplo da APAE. O vereador vai responder ainda criminalmente pela acusação leviana com incursos dos artigos 138, 139 e 140 do Código Penal.
Celso Amâncio
Publicidade:

MPRN e Prefeitura de Macau ratificam acordo.

O I Fórum Municipal de Políticas sobre Drogas, realizado nesta quarta-feira, 19, no Teatro Porto de Ama serviu também para o município de Macau apresentar toda a rede de proteção para pessoas com necessidades decorrentes do uso de álcool e outras drogas. Representando o Procurador Geral de Justiça, Eudo Rodrigues Leite, a Procuradora-Geral de Justiça Adjunta, Elaine Cardoso Teixeira destacou o fato da gestão Tulio Lemos retomar projetos, através de uma rede articulada, que se capacita para reconstruir oportunidades desvinculadas do uso prejudicial das drogas, especialmente para os jovens.

Na sua fala, o prefeito Túlio Lemos ressaltou que todas as secretarias municipais estão integradas para incrementar a implantação de políticas públicas sobre drogas. “A questão das drogas está inserida em uma rede complexa e entendemos que a atuação deve ir além da repressão, trazendo ações que coloquem em prática a filosofia do projeto Transformando Destinos”, declarou o chefe do executivo, bastante otimista.

Transformando Destinos

“A proposta apresentada pelo Transformando Destinos é chamar a atenção da sociedade para o problema das drogas, com enfoque não em combater, mas sob a perspectiva do cuidado e da atenção às pessoas. Temos um dado que retrata bem isso: o índice de evasão escolar está intimamente ligado ao crescimento no acesso ao consumo de drogas entre crianças e adolescentes. Então é preciso reforçar essa rede, com o fortalecimento das políticas públicas”, ressaltou a procuradora-geral de Justiça adjunta Elaine Cardoso.

Termo de cooperação técnica

Durante o fórum, onde também compôs a mesa de autoridades a presidente do Comitê Gestor do Transformando Destinos, a primeira-dama e Secretária Municipal de Assistência Social, Andréa Lemos, o Ministério Público do Rio Grande do Norte renovou o termo de cooperação técnica com o município, representando a ratificação do acordo firmado em 2015.

A comitiva do MPRN no Fórum contou com a Promotora de Justiça Sandra Angélica, que apresentou a palestra “Políticas sobre drogas no Rio Grande do Norte e o Projeto Transformando Destinos” e ainda com a participação das promotoras Kalina Filgueira e Isabel Menezes.

Representando o Projeto Redes, articulado pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), vinculada ao Ministério da Saúde, Gustavo Dias e Martha Emanuela também participaram ativamente das discussões no Fórum, onde técnicos das secretarias municipais de Educação, Saúde e Assistência Social apresentaram painéis detalhando os serviços que são ofertados na rede pública em Macau.

Ministério Público se coloca como parceiro da gestão na construção de políticas públicas

Veja mais imagens do I Fórum Municipal de Políticas sobre Drogas

 

Publicidade:

Bom Exemplo: Gerente da Caixa se senta no chão para atender homem deficiente.

Gerente da Caixa foi fotografado atendendo um senhor deficiente físico de igual para igual: sentado no chão e olhando em seu olho.

É interessante como pequenos gestos de gentileza e humanidade ganham tamanha repercussão, a explicação mais “óbvia” é que esses gestos não são vistos frequentemente, e o que devia ser regra vira exceção.

Esse fato aconteceu em Volta Redonda, microrregião do Vale do Paraíba Fluminense, no Rio de Janeiro, onde a Isabel Paiva, de 54 anos, presenciou uma cena emocionante.

Um senhor na faixa dos 50 anos, com pernas amputadas, entrou na agência da Caixa Econômica Federal e muita gente ignorou a presença dele, e então o Luis Claudio, abordou o senhor para ajudá-lo e para que ele não ficasse na fila. Mais um detalhe fez toda a diferença: mesmo de roupas formais, como camisa e calça social, ele se sentou no chão para conversar mais tranquilamente com o senhor, sem se importar se ia sujar sua roupa de trabalho.

Publicidade:

1 2 3 139