Sem diálogo com a prefeitura, CEIMH cancela convênio que assiste 58 alunos bolsistas, a dívida é de quase 200 mil reais.

Sem êxito nas inúmeras tentativas de diálogo com a Prefeitura de Macau, a direção do Centro de Educação Integrada Monsenhor Honório-CEIMH cancela um convênio de bolsas de estudos celebrado com o município. Atualmente a dívida da prefeitura que se arrasta desde 2015, soma R$ 192.150,00, sendo que somente este ano, na gestão interina, a escola deixou de receber cinco parcelas, somando R$ 50.400,00. Atualmente 58 alunos do ensino médio são beneficiados com bolsas parciais, através desse convênio.

Segundo o comunicado enviado aos pais dos alunos pela direção da tradicional escola, o CEIMH garantirá aos estudantes prejudicados com a falta de compromisso e sensibilidade da gestão municipal, a conclusão dos estudos, neste ano de 2016, sem nenhum ônus para as famílias. Diretor da escola, o padre João Batista Nunes Filho lamenta o fato e espera que no ano de 2017 a parceria que custa pouco mais de R$ 10 mil/mês a prefeitura de Macau possa ser retomada.

Fonte: Celso Amâncio. 
Facebook
Instagram